Frete Grátis para Todo o Brasil

ESCOVA DE DENTES É COISA DO PASSADO

ESCOVA DE DENTES É COISA DO PASSADO

A primeira Escova de Dentes foi inventada em 1498 na China

História da Escova de Dentes

Escova de Dentes é coisa do passado

A preocupação com a higiene oral apresenta registros desde os tempos pré-históricos. Os egípcios, por exemplo, usavam tufos de ramos de plantas, fibras vegetais ou raízes de árvores que, quando desfiados, pareciam um pincel. Conhecido como “chew stick” (palito de mascar) esse instrumento era feito mastigando-se ou amassando as pequenas raízes. Até que as fibras de uma das pontas se soltassem o suficiente para formar uma escova rústica. Posteriormente os gregos utilizavam penas de abutre e espinhos de porco espinho. Depois disso, os romanos usavam pincéis de cerdas duras.

A primeira Escova de Dentes

Escova de Dentes é coisa do passado

Em 1498, na China, foi criado a primeira escova de dentes, suas cerdas eram feitas com pelos de porco. Mais tarde, estes foram substituídos por pelos de cavalo. As cerdas feitas de pelos eram amarrados a pedaços de ossos ou varas de bambu. Em suma, o modelo é muito semelhante ao que usamos até hoje. O registro arquelógico mais e antigo de uma escova dental na Europa tem aproximadamente 300 anos. O artefato foi descoberto durante escavações arqueológicas em um antigo hospital municipal de Minden, na Alemanha. Os 19 buracos destinados a inserir os pêlos de porco para fazer o papel de cerdas ainda são visíveis.

Escova de Dentes nos séculos 18 e 19

Escova de Dentes é coisa do passado

No século XVIII, os ingleses apresentaram ao mundo uma escova dental, inspirada da mesma forma que as vassouras da época. Entretanto possuía cerdas de pelo de javali, porco ou crina de cavalo. Amarradas em buracos perfurados em um osso que servia como cabo. Na Inglaterra, a empresa Addis produziu a escova dental com cabo de osso, pelos naturais introduzidos em buracos feitos em uma das extremidades presos com arame. Além da Inglaterra as escovas passaram a ser fabricadas na França e Alemanha e foram difundias por toda Europa. Até o final do século XIX, as inovações tecnológicas, se limitaram ao design do cabo e a quantidade de cerdas de pelo de javali, porco ou cavalo.

Escova de Dentes no século 20

Escova de Dentes é coisa do passado

No século XX as cerdas de pelos naturais foram trocadas por náilon. E a empresa americana Weco Products Company passou a produzir a Doctor West s Mircle-Tuft, vendida por 50 centavos de dólar, algo equivalente a 8 dólares a preço de hoje. Em 1945, o dentista Dr. Robert Huston fundou a empresa Oral B e patenteou a primeira escova de dente com cerdas suaves e arredondadas de náilon. Dr. Huston, criou também a marca Oral-B 60, uma escova que continha um total de 60 tufos de cerdas. Até os dias atuais, a escova de dentes mudou pouco, as invocações tecnológicas também são mais focadas no design.

Escova de Dentes é coisa do passado

Em 1954, foi concebida pelo Dr. Philippe-Guy Woog, na Suíça, a primeira escova de dentes elétrica, a Broxodent. A escova de dentes foi projetado para ser conectado diretamente a uma tomada de parede padrão e funcionou em tensão de linha CA. O uso de um aparelho de tensão de linha CA num ambiente de banho era problemático. Na década de 1960, nos EUA, a General Electric criou a escova de dentes automática. Era uma escova elétrica sem fio com baterias recarregáveis, mas do tamanho de uma lanterna. Desde a concepção até os dias atuais, as escovas elétricas não fizeram sucesso entre os usuários, por ser muito semelhante as escovas manuais com um preço muito superior.

Somente em 2019, depois de 521 anos da invenção da escova de dentes, chega ao Brasil o Futuro da Higiene Oral. O único método que possibilita a Limpeza Automática Inteligente Sônica em 360 graus de todos os Dentes ao mesmo tempo. Esse método permite a limpeza de todas as faces dos dentes e a limpeza na junção dos dentes com a gengiva. As vibrações da frequência sônica quebram as cadeias bacterianas que constituem a placa dentária. E assim removem os seus métodos de ligação à superfície do dente, até 5 mm abaixo da linha das gengivas. Depois de três meses de uso, a redução observada foi superior as escovas manuais e elétricas. A redução foi de 21% da placa bacteriana e a redução de 11% da inflamação gengival.

Artigos e matérias sobre o Futuro da Higiene Oral

Jogue fora a sua Escova de Dentes

ESCOVA DE DENTES É COISA DO PASSADO

Venha para o Futuro da Higiene Oral! COMPRE JÁ!

Contraindicação no uso da escova de dentes

Escova de Dentes é coisa do passado

As escovas de dentes de aliadas na hora da higiene bucal passam a vilã da saúde. Isso porque o instrumento de higiene se torna o ambiente ideal para que bactérias, fungos e vírus se proliferem. De acordo com pesquisa apresentada no encontro da Sociedade Americana de Microbiologia, em Nova Orleans (EUA), mais de 60% das escovas de dentes analisadas apresentavam coliformes fecais. Além delas, as escovas analisadas continham ainda vírus, bactérias e parasitas que normalmente residem na flora intestinal. Essas bactérias podem se multiplicar 250 vezes a cada 24 horas, o que aumenta o risco de desenvolvimento e transmissão de outras doenças.

Contraindicação no uso das escovas na antiguidade

Escova de Dentes é coisa do passado

Apesar da evolução histórica, que possibilitou como resultado uma higiene bucal mínima. Todos os instrumentos pré-históricos ou medievais, apresentava a contraindicação de ferir a gengiva dos usuários. Além disso, propiciavam o acúmulo de umidade nas cerdas que eram feitas de fibras vegetais ou pelos de animais., A umidade nas cerdas favorecia o mofo, a proliferação de fungos e bactérias. Como agravante, devido ao alto custo desses objetos, famílias inteiras compartilhavam a mesma escova. O que contribuía para a transmissão de doenças bucais e outras doenças entre os indivíduos. As classes mais altas tinham mais cárie dentária devido a dieta rica em açúcares e carboidratos.

Contraindicação no uso das escovas hoje em dia

Escova de Dentes é coisa do passado

Hoje, existem inúmeras marcas de escovas dentais com os mais diversos preços, modelos, formatos e classificações quanto à dureza das cerdas. As cerdas médias e duras, são indicadas para a higienização de próteses removíveis. As cerdas macias, são destinadas para a maioria dos indivíduos. Mas os usuários de cerdas macias usam mais força na escovação e acabam traumatizando a gengiva. A escova e a escovação inadequada, pode causar a retração e a inflamação gengival. O acúmulo de umidade nas cerdas, prolifera o mofo, fungos e bactérias. A contaminação das cerdas, associada ao quadro de retração e inflamação da gengival, pode transmitir doenças graves.

Jogue fora a sua Escova de Dentes

ESCOVA DE DENTES É COISA DO PASSADO

Venha para o Futuro da Higiene Oral! COMPRE JÁ!

A escovação pode causar problemas na gengiva

Escova de Dentes é coisa do passado

A escovação pode causar traumatismo na gengiva, as cerdas de náilon, podem riscar o esmalte do dente e causar retração gengival. A retração da gengiva, também conhecida como recessão gengival, é uma das condições mais prevalentes na população. Estima-se que metade da população mundial, entre 18 e 65 anos de idade, tenha pelo menos um dente acometido por ela. Em suma, calcula-se que uma em cada três pessoas com mais de 30 anos, apresenta pelo menos dois dentes com o problema. As cerdas das escovas feitas de náilon ficam “emborrachadas” e podem acabar ferindo a boca e gengiva, além de causar a retração da gengiva e a inflamação gengival.

Retração da gengiva causada pela escova de dentes

Problemas causados pelas escovas de dentes

Durante a escovação, ao friccionar as cerdas da escova de dentes sobre a gengiva, pode provocar escoriações e ferimentos que levam a retração. A partir desse momento, a área exposta torna-se fértil para o surgimento da placa bacteriana uma película pegajosa e incolor, constituída de bactérias e restos alimentares que se forma sobre os dentes. A placa é a principal causa de cárie e gengivite, se não for removida diariamente, endurece e forma o tártaro, que precisa ser removido por um dentista. A escovação incorreta, além de desgastar e retrair o tecido que envolve a raiz do dente, pode causar o mau hálito, amolecimento e perda dos dentes.

Inflamação gengival causada pela escova de dentes

Problemas causados pelas escovas de dentes

Durante a escovação, as cerdas da escova podem agredir a gengiva. Se esses pequenos traumas não forem tratados no estágio inicial, logo a área lesionada poderá se tornar um terreno fértil para a proliferação das bactérias. Em consequência disso, forma-se uma película incolor que se adere aos dentes e pode causar a inflamação na gengiva. A gengivite, corresponde à primeira fase da Inflamação Gengival. Periodontite,  estágio em que a Gengivite, um dos graves problemas na gengiva, assume novas proporções, onde a sustentação dos dentes apresentam danificações irreversíveis. Periodontite avançada é fase final da Inflamação Gengival.

Jogue fora a sua Escova de Dentes

ESCOVA DE DENTES É COISA DO PASSADO

Venha para o Futuro da Higiene Oral! COMPRE JÁ!

Opinião dos Especialistas

“Temos cerca de 900 espécies de bactérias na boca. Então não é difícil imaginar que esses micro-organismos podem ser transferidos para as cerdas da escova”. Explica o professor Paulo Nelson Filho, da Faculdade de Odontologia USP.

Dez entre dez escovas estão contaminadas após o primeiro uso. Após a escovação, as bactérias da flora bucal são transferidas para as cerdas das escovas. Que quando úmidas, se tornam o local ideal para a proliferação dos germes. “É claro que há bactéria que convive em equilíbrio na flora bucal do indivíduo. Mas quando transmitida à escova dental ocorre a formação de colônias e assim pode se tornar potencialmente patogênica”. Explica a dentista Sandra Duvoisin.

“Quando a pessoa for usar a escova novamente todos esses germes irão direto para a sua boca. Podendo causar problemas na cavidade bucal como cárie, alterações gengivais e lesões na mucosa bucal. E até problemas sistêmicos, como infecções sérias e diarreias. Uma vez que essas bactérias serão engolidas. E enviadas para várias partes do corpo, em que vão se alojar e prejudicar seu funcionamento”. Diz Henrique Luarte Dias, dentista especializado em Prevenção em Odontologia.

Escova de Dentes é coisa do passado

Além das bactérias, fungos e vírus que se alojam nas cerdas. Deixar as escovas expostas no banheiro pode comprometer a saúde. “Mesmo sendo destinados à higiene pessoal. Os banheiros são também o local mais perigoso do ponto de vista da contaminação”. As descargas dos vasos sanitários liberam diferentes tipos de bactérias e coliformes fecais. Essas gotículas contaminadas podem atingir até seis metros de altura e permanecer por horas circulando no ambiente. “Imagine a sua escova ali, exposta na pia do banheiro”.

Por mais limpo que seja o seu banheiro. O banheiro está sujeito à entrada de insetos e outros bichos, como formigas, moscas, mosquitos, lagartixas, mariposas, aranhas e baratas. “Imagine tudo o que pode transitar por sua escova”. 

Embora auxilem na hora da higiene oral e nos cuidados com a saúde bucal. “As escovas, se contaminadas, podem transmitir uma série de doenças”. Os problemas vão de periodontite, gengivite, cáries, diarreia, faringite e infecções de ouvido. Além de problemas respiratórios, a meningite, pneumonia e cardiopatias. “Sem a correta higienização, as escovas acabam se transformando em disseminadoras de doenças”. Alerta a pesquisadora Sandra Duvoisin, doutora em Ciências Biomédicas.

Escova de Dentes é coisa do passado

Infelizmente não tem como evitar a contaminação, o melhor meio é substituir a escova regularmente. Os dentistas sugerem a substituição de três em três meses e jogar fora as escovas usadas. “A escova ideal é aquela que dificulta a contaminação e proliferação de micro-organismos”. Diz o dentista Hugo Lewgoy,

Também é importante trocar a escova depois de resfriados, gripes, dor de garganta ou infecções na boca e jogar fora as escovas contaminadas. Pois as bactérias, fungos ou germes que causaram a doença podem ficar impregnados nas cerdas. E poderão causar uma nova contaminação do paciente.

Professor de odontologia, orienta seus alunos da Universidade Federal do Rio de Janeiro que as escovas duras não devem ser usadas para escovar os dentes, as mais recomendadas são as de cerdas macias. “Eu acredito que escovas duras não deveriam ser vendidas para serem usadas como escovas de dente. Elas servem bem para escovar próteses móveis”.

A escova de dentes, é basicamente uma haste de plástico com algumas cerdas de náilon, essas cerdas devem estar alinhadas e bem fixadas. Cerdas velhas e desgastadas começam a perder sua força e não conseguem mais remover a placa bacteriana corretamente. 

“Quando utilizamos a escova 3x ao dia, ela deve durar em torno de 30 a 40 dias”. Explica a dentista Luciana. 

Infelizmente na maioria das vezes, a escovação dos dentes não conseguem limpar os dentes e remover a placa bacteriana, sem ferir a gengiva e sem riscar ou danificar o esmalte dos dentes.

A técnica de escovação deve ser realizada sem o emprego de força. “Além de causar recessão ou a retração da gengiva. A escovação muito forte provoca desgaste do esmalte, deixando a dentina desprotegida”. Conta a dentista Ivany Kabbach, da clínica Smile Again. Para evitar esses problemas, é necessário escovar os dentes com movimentos suaves e curtos, sem pressionar demais a escova. 

Escova de Dentes é coisa do passado

É importante ressaltar que: “o verdadeiro responsável pela limpeza dental não é a pasta de dente. E sim o atrito da escova ao dente que causará a desorganização da placa dental e sua consequente remoção”. Excesso de pasta de dente na escova, pode gerar muita espuma e atrapalhar o processo de escovação. 

Segundo a dentista Luciana, a quantidade de creme dental deve ser o equivalente a meio grão de feijão. “É o suficiente para ter o efeito de limpeza. Sem atrapalhar com excesso de espuma, pois precisamos ver o que estamos fazendo”.

As escovas de dentes estão ultrapassadas e continuam com o problema da proliferação de fungos e bactérias em suas cerdas. O que causam uma série de problemas de saúde. “Infelizmente as escovas de dentes são considerados por muitas pessoas o único meio acessível de higiene oral.”

A escova de dentes não é eficiente na higiene bucal e para fazer a higiene melhor é necessário o uso do fio dental para remover a placa bacteriana e os alimentos nos lugares onde a escova não consegue chegar.

Para Robin Seymour, especialista da Newcastle University, no Reino Unido, o uso do fio dental pode fazer mais mal do que bem. 

Segundo Robin Seymour, “muitas pessoas não sabem usar corretamente o fio dental”. Por isso, em vez de remover a placa bacteriana, elas simplesmente “empurram a placa para baixo da gengiva”. 

Outro erro comum ao passar o fio dental  é machucar e acabar “traumatizando as gengivas” que resulta na retração e inflamação.

“Seymour afirma que: “o uso de fio dental é difícil de fazer bem feito. Por isso temos de começar a olhar para outras alternativas”.

Jogue fora a sua Escova de Dentes

ESCOVA DE DENTES É COISA DO PASSADO

Venha para o Futuro da Higiene Oral! COMPRE JÁ!

Escova de dentes faz mal para o meio ambiente

Poluição causado pelas escovas de dentes

Seguindo as recomendações dos dentistas, a cada três meses devemos trocar as escovas de dente. Como resultado cada pessoa do mundo joga no lixo comum, cerca de quatro escovas por ano. No entanto o que para você parece pouco, só quatro escovas por ano. Resumindo multiplique pelo número de pessoas que existem no mundo, é número muito grande de descarte no meio ambiente, certamente o que torna as escovas de dentes prejudiciais ao meio ambiente. Em primeiro lugar, o lixo plástico pode causar entupimentos de valas e bueiros. Que prejudicam o escoamento das águas da chuva que  geram enchentes e desabrigam pessoas, principalmente os moradores de periferias. 

Problemas causados pela poluição com plástico

Em segundo lugar, os plásticos sofrem ações do meio (sol, altas temperaturas, diferentes níveis de oxigênio, energia das ondas e presença de fatores abrasivos, como areia, cascalho ou rocha). Como resultado, o plástico fragmenta-se e passa a ter aparência de alimento para muitos dos animais marinhos. E causa a morte de vários animais, interferindo no ciclo reprodutivo de muitas espécies, que pode levar a extinção. De acordo com um estudo da Universidade de Plymouth, a poluição por plásticos afeta pelo menos 700 espécies marinhas , enquanto algumas estimativas sugerem que pelo menos 100 milhões de mamíferos marinhos são mortos a cada ano devido à poluição por plásticos.

Consumo excessivo de água na escovação dos dentes

E em terceiro lugar, escovar os dentes com a torneira aberta gasta até 25 litros de água. Em apenas 2 minutos, ao escovar os dentes com a torneira aberta você gasta cerca de 13,5 litros de água. Segundo a Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), menos da metade da população mundial tem acesso à água potável. A irrigação corresponde a 73% do consumo de água, 21% vai para a indústria e apenas 6% destina-se ao consumo doméstico. Um bilhão e 200 milhões de pessoas (35% da população mundial) não têm acesso a água tratada. Um bilhão e 800 milhões de pessoas (43% da população mundial) não contam com serviços adequados de saneamento básico.

Recicle a sua Escova de Dentes

ESCOVA DE DENTES É COISA DO PASSADO

Venha para o Futuro da Higiene Oral! COMPRE JÁ!

Saúde da sua Boca

Aqui, você encontra produtos para cuidar
da saúde da sua boca e manter o seu sorriso.

Saúde dos seus Dentes

Aqui, você encontra produtos para cuidar
da saúde dos seus dentes e evitar outras doenças.

Saúde da sua Gengiva

Aqui, você encontra produtos para cuidar
da saúde da sua gengiva e evitar a periodontite.

Quer ver mais produtos? COMPRE JÁ!

FAQ    |    Política de Privacidade    |    Termos e Condições

© 2019 – PINHOODONTOLOGIA

sonic toothbrush sonic 360 toothbrush sonic brush dentes v white toothbrush amabrush sonic brush funciona sonic brush dentes funciona 360° automatic electric sonic toothbrush v white 360 v white funciona v-white mercado livre v white 360 intelligent electric toothbrush with cold light automatic toothbrush white dent preço white dent reclame aqui whitemax preço white dent valor whitemax funciona de verdade whitemax funciona yahoo whitemax reclamações whitemax usar quantas vezes ao dia v white toothbrush v white funciona v white toothbrush review v-white mercado livre site oficial representante oficial no brasil higiene oral higiene bucal futuro da higiene oral

Fechar Menu
Don`t copy text!
×